Pesquisar este blog

Tradutor

sábado, 18 de outubro de 2014

Viverei para te amar

Foto: Wagner Pereira


Uma faca de dois gumes
Assim é seu amor...
Me deixa feliz quando fica
Mas sempre me destroça quando se vai...

A saudade corrói meu existir
O brilho do amor reflete no horizonte
Meu coração sangra por ti sempre que se vai...

Ouço o eco dos meus pensamentos se perdendo na escuridão da noite
Perguntando se ainda pensa em mim
Mas prefiro não me preocupar como a noite ira findar
Ou quando o sol ira nascer
Sei apenas que não consigo parar de pensar em você
Mesmo que meu orgulho nem sempre me permita perguntar por ti...

Gostaria de ter um mapa do seu coração
Só assim entenderia sua aversão por ficar
Meu coração parece entorpecer de tanto amor
Não me deixe desfalecer nessa ilusão
Te amo em todas as línguas e sotaques
Preciso de ti para sempre em todas as vidas que possa viver
Pois sei que em todas as minhas vidas, viverei para te amar...


terça-feira, 19 de agosto de 2014

Verdade

O sono se perde na noite
A realidade desaparece nas paredes brancas do quarto
Aquele jovem revolucionário se perdeu no tempo
O fim ainda está distante

Eu só queria ter a verdade
Continuo te procurando por ruas que nunca passou
O som do coração continua a me guiar
Antes tinha pressa, agora apenas caminho

Nas pinturas da cidade, vejo seu rosto
Sem seu sorriso encantador
Não há brilho no ar
Mas sei que é você

Eu sei a minha verdade
As escolhas não estão na minha mente
Elas foram feitas naquela noite
Quando você levou meu coração

As noites são apenas de sonhos
Você foge do passado
Esquece do brilho das estrelas
Daquele luar sobre nós

Você quer a sua verdade
Não quer sonhar como antes
Mas sabe que serei algo único
Que o eterno não pode acabar

Eu nunca desisti de tentar
Continuo andando pelos mesmos caminhos
Agora no passo de um velho homem

Guiado em busca do teu amor...


domingo, 29 de junho de 2014

Sonhei com teu olhar

Hoje, teu aniversário
Queria dar um presente
Era pra mim: um poema

Não um poeminha
O mais lindo poema
Que alguém já escreveu!

Um poema que descrevesse
Teu olhar
 Recorro a velhos cadernos
As canções que são nossas (Mas só eu sei)...
Procuro por respostas
Mas elas, não estão em livros
Nem em discos!

Talvez estejam nos teus olhos
Mas você evita me olhar
Diante do teu olhar, tudo
Se me ilumina.
Escrevo versos
Que enobrece qualquer poema
Distante do teu olhar, pareço
A lenda dos três macaquinhos

Sentado à frente do computador
Permaneço, por horas e horas
Mas não sei que horas são
Porque em vão, de olhos fechados
Busco é um poema

Mas, se ele surgir, é porque
Eu adormeci e sonhei
Sonhei com teu olhar


Por: Dom Cordeiro

domingo, 22 de junho de 2014

Rouxinol


É mais um dia que finda...
Ouço ao longe o canto dos pássaros ao anoitecer
Será mais uma noite que o sono não virá
Me restará apenas a saudade...


Olhando da minha janela sinto o vento da solidão gelando minha alma...
Volto a lembrar do amor que foi embora no vendaval
Fico aqui me perguntando por que teve que ser assim?
O silencio da noite ecoa sobre as luzes da cidade fria
As lagrimas que percorrem meu rosto são como uma navalha rasgando meu peito...


Mesmo após horas mergulhadas nesse pranto que não cessa
Começo a ouvir no rádio uma bela música
E navegando em seus acordes
Em sua melodia encantadora
 Me faz lembrar mais e mais de como fomos felizes...


Vou aqui viajando em meus pensamentos insanos ouvindo esse som...
Som que me faz refletir se há uma razão para seguir em frente como a bela letra diz
Por um instante consigo ouvir o canto do pássaro descrito na canção
E por mais que tente não consigo conter as lagrimas
Pois o tempo passou, mas a saudade permanece...


Ainda sonho com sua volta todas as noites...
Em meio a minha angustia, vejo os primeiros raios de sol surgirem
Começo a me preparar para encarar o que ainda resta de mim...

A canção chega a seu final...
A melodia que embalou meus sonhos vai sumindo lentamente com o canto dos pássaros
Por um instante penso: Serei capaz de não mais temer seu canto?
Não sei até quando a tristeza será minha companhia, mas ainda espero o dia que não mais chorarei ao ouvir a bela harmonia do canto do Rouxinol...
  

Inspirada por: Rouxinol (Milton Nascimento)




domingo, 15 de junho de 2014

Como tudo entre nós

Foto: Wagner Pereira

A noite caiu e estou só,
Bebo o vinho tinto, 
já se foi meia garrafa,
A TV é minha companhia silenciosa
A garoa fina da Metrópole é uma sinfonia aos meus ouvidos,
  
A solidão conversa comigo,
Apenas reflito...  
Não chego a conclusão alguma,
Busco olhar as fotos que enviou,

Tomo mais um gole de vinho,

A mente atormenta
“porque desistiu tão fácil?”
Nunca saberei a resposta
Não sabia sequer dessa sua pergunta...
  
A noite é cruel,
Agora deve estar nos braços que não os meus
Em seu mundo, sua vida, com suas escolhas
Talvez possamos estar juntos em breve...
Será único como tudo entre nós...

 Outro gole,

Busco anestesiar a mente
Meu coração já não me pertence mais...
Aguardo seu chamado...
A noite silenciosa penetra na alma

Outro gole,

Seu rosto surge,
Vejo cada detalhe de ti,
O gosto do seu beijo arde em minha boca
Queria que estivesse aqui...

A noite se torna minha única companheira,
Me cobra atenção,
Não é o vinho que me entorpece,
Mas sim a saudade de ti

Mais um gole,

Não quero para de te escrever,
A noite me quer só para ela...
Sinto você por perto,
Me erradio de felicidade,

Busco você na escuridão,
É a noite me seduzindo
Me enganando
Me confundindo,

 A garrafa se esvazia,

Sinto seu perfume,
Na verdade era o cheiro das flores
Do jardim que nunca existiu
Não importa, serás sempre 
A mais bela te todas as flores que já existiu




domingo, 8 de junho de 2014

Poema Cheio de Saudade

Foto: Wagner Pereira
  

Você sabe lá o que é saudade
Se soubesse me mandaria mensagem
Ou ligaria.
Ou... Não!

Faria melhor:
Mandaria me buscar
Ou, viria ao meu encontro
No meu "CAFOFO" E, sem se importar com o cheiro

De mofo dos móveis surrados
Deitaria a cabeça em meu colo
E enquanto eu sentia
O cheiro gostoso do seu cabelo
Que eu gosto tanto

Contaria que sentiu minha falta
Falaria das suas viagens solitárias
De solidão, da ingratidão do mundo
Com os amantes, que, sem mais
Sem menos, sem porque
Por nada!

Manda pra lugares distantes
E distintos, pessoas apaixonadas
Que nenhum e-mail, telefonema
Ou vídeo-mensagem, irá matar
A saudade Amanhã, quando eu acordar
Irei escrever isto em forma de poema
 E te mandar por mensagem Quem sabe, um poema assim
Acenda e ascenda em seu coração A saudade



Por: Dom Cordeiro

domingo, 1 de junho de 2014

Eu só sei uma coisa


Foto: Wagner Pereira



Todos tem Amor
Mas, Amor não posso ter
Com tantas pessoas no Mundo
Eu escolhi logo você



Adoro seu cabelo
Muitas coisas quero dizer
Mas não consigo parar
De pensar em você



Você pode dizer
Que amo outra pessoa
As vezes acho que não
Sou gente boa



Você me faz perguntas
Que não posso responder
Eu só sei uma coisa
Eu Amo você




Por: Dinho
(Valdir Pereira)


domingo, 25 de maio de 2014

DOCE MISTERIO


Arte: Wagner Pereira

Queria não mais pensar em ti
Nunca imaginei que pudesse ficar assim
Refém dos pensamentos que navegam no aconchego dos teus braços, do sabor dos teus beijos...


Por um momento chego a adormecer ouvindo o teu sussurro...
E nos meus sonhos consigo ver por flashes o teu sorriso na minha chegada
Essa paixão me arrebata de tal forma que me deixa sem ar
Então me dou conta do quanto te quero aqui comigo...


Se pudesse navegar nos teus pensamentos agora...
Poderia mergulhar de cabeça nessa ponte na escuridão
E por um instante sentir que nunca me afogaria nessas aguas tão turbulentas...


Dizem que toda dor é relativa
Mas a minha dor é constante, pois já não consigo mais viver longe de ti
Podemos nos arrepender pelo resto de nossas vidas por algo que não fizemos?
Sei que não parece ter sentido, mas tenha certeza faz todo o sentido do mundo...


Não consigo mais esconder tanta paixão...
Será que busco o que jamais terei?
Imagino teus beijos todas as noites
Os teus braços a me aquecer
Até quando terei que me controlar ao te ver?

Para mim você será sempre meu Doce Mistério
Meu verdadeiro amor
Pensar em nós é o que me faz seguir adiante
Não sei se um dia o sonho de ti ter comigo irá se realizar
Mas mesmo que jamais se concretize sempre irei te amar
Mesmo que nunca declare o meu amor a você...


domingo, 18 de maio de 2014

Seu Poema

Foto: Wagner Pereira
Vi o seu poema
Li o seu poema
Maldisse o seu poema

Eu já estava no palco
Eu já tinha tudo decorado
Tudo que iria te dizer
Mas vi o poema
Li o poema
E me pus a mal dizer
A sorte e o poema
Porque aquilo ali, aqueles versos
Cada um que eu lia
Era uma cortina que se fechava
Era uma luz que se apagava...

Era um trecho do meu texto
Que eu riscava

Porque o artista da pintura
Precisa de uma paisagem linda
Real ou imaginária
(Pode ser a sua foto)
Para pintar seu belo quadro

Mas o da escrita, da palavra Não.
Eu, pelo menos, não!
Eu queria era estar lendo
Aqueles versos e escrevendo
Outros Mais bonitos ainda
Ainda que não tivesse
Audácia suficiente pra dizer que era

Mas, por dentro eu queria
Ficar com a sensação que era Porém...
Em vez do arco-íris da inspiração
As luzes das idéias
É que iam se apagando
As cortinas, se fechando...
E ali, naquele palco eu estava
E me sentia, me sentia...
Mais e mais, distante da platéia (No caso, você)
E da possibilidade de expressar
Num poema Todo amor que sinto


Por você! 


Por: Dom Cordeiro

domingo, 11 de maio de 2014

Genetriz

Foto: Wagner Pereira

Aqui em meio as noites frias, meus pensamentos voam até você...
Lembrar do teu sorriso, do carinho do teu abraço, por um instante aquecem meu ser...


Por mais que a estrada seja escura
Você tem o dom de ver além do infinito...
A vida é repleta de obstáculos
Mas você sempre os enfrentou com garra e perfeição...


A jornada muitas vezes é árdua e cansativa
As pedras que surgem em meio a caminhada são imensas
A escalada muitas vezes é mais alta do que minha força para chegar ao topo
Mas você nunca me deixou desanimar....


Não sei de onde surge essa sua energia
Seu otimismo e sua vontade de vencer
Sei apenas que mesmo longe estará comigo em cada instante
Em meu coração e em meus pensamentos, enxugando minhas lagrimas ou dividindo meu sorriso...


Meu amor por ti é infinito
Meu dia só tem graça se souber que está bem
E é pensar no aconchego dos teus braços que tenho forças para prosseguir
E nessa data tão especial me leva a refletir
O quão esplendido é teu sincero amor...


Mesmo que não demostre você é tudo para mim
É minha luz, meu guia e minha majestade
Te amo e para sempre irei te amar
Mesmo que em palavras eu não consiga expressar...


Dedicado à todas às mães






domingo, 4 de maio de 2014

Poeta sem inspiração

Foto: Wagner Pereira
Outro dia amanhece...
E a nevoa, turva minha visão do horizonte
As nuvens escuras parecem devorar meu ser
É como se a escuridão viesse corroer minha alma e o céu nunca mais fosse aparecer...



Queria dizer em palavras o que sinto nesse momento...
Mas por mais que tente não consigo
As palavras me faltam
Não sei ao certo se me falta inspiração ou me falta você...


Queria que tivesse aqui ao meu lado...
Talvez não me sentisse tão vazio
E não tivesse assim perdendo a razão de ser...

Os raios de sol começam a aparecer intensamente...
Por um instante consigo os sentir raivosos
Como se quisessem me punir por fracassar
Seu brilho é tão forte que é tudo que consigo ver...

Ao mesmo tempo em que o sol brilha, 
sinto o cheiro da chuva que começa a cair...
Ao longe consigo enxergar um arco íris tão belo que me lembra você
Mas sabemos que quando a chuva cai ao mesmo tempo em que o sol brilha pode se formar um arco íris agridoce
Agridoce assim como foi meu amor por você um dia..
Não sei o que fazer sem ti...
Você sempre foi meu guia
Minha inspiração
Minha razão
Meu tudo ...

Sem você sou apenas mais um...
Você sempre foi meu mundo
Não me negue o perdão
Pois sem você não sou nada
Sou apenas um poeta sem inspiração







domingo, 27 de abril de 2014

Sonhar Novamente


Os dias estão cada vez mais longos e difíceis,
Algumas vezes quando fecho meus olhos
Consigo enxergar o tempo em que podia tocar em você
Não entendo porque não consigo mais sonhar contigo


Minha pequena garota o tempo a levou de mim
Você sempre foi um furacão, livre e forte,
Dominando tudo que encontrava em seu caminho
Não sei porque pegou meu coração


Você me deve uma explicação,
Você disse que tudo seria muito fácil
Você partiu e levou meu coração
Você nunca me disse que era apenas um jogo


Quantas vezes me ajoelhei entregando meu espírito
Quantas vezes propus entregar minha alma
Somente queria sentir você novamente
Você tirou até meus sonhos


Você perde seu tempo com um amor que nunca foi seu
Como pode se sentir livre, estando aprisionada numa mentira
Você sempre quis ser alguém, mas para quem....
Seu sorriso traz a tristeza do sucesso solitário


Você nem percebeu o quanto o tempo passou
O quanto foi livre com meu amor
Mas mesmo tendo meu coração
Me deixe sonhar novamente